Tianguá: Não falta médico no Hospital São Camilo, afirma diretor


O jornalismo da FM 94,9 de Tianguá conversou  nesta Quarta-feira (10) com o Sr. Rafael Vieira que é  diretor-administrativo do Hospital e maternidade Madalena Nunes  de Tianguá, popularmente conhecido como Hospital São Camilo. Segundo o jovem diretor, a administração está dividida em três níveis: direção clínica, técnica e médica. O Hospital São Camilo é o mais importante da Ibiapaba, tendo se tornado polo desde 2006. Hoje, administrado por uma empresa de gestão:  a Sociedade beneficente  São Camilo.

Portanto, é filantrópico e atende hoje a  95% de pacientes do SUS (a margem dos atendimentos, determinada por lei para hospitais Filantrópicos é de 60% ao SUS  e  40%  para convênios e particulares). 

O São Camilo é o hospital de Tianguá, para a população primária  e secundário para população das demais cidades da Serra, atendendo a oito municípios: Tianguá, Ubajara, Ibiapina, São Benedito, Viçosa, Guaraciaba do Norte, Croatá e Carnaubal. Aos demais municípios a regulação é feita através da Coordenação Regional de Saúde, a 13ª CRES.  Segundo Rafael Vieira, o controle social dos atendimentos e a regulação em cada cidade, são os instrumentos que os gestores utilizam para destinar as vagas a quem mais precisa. Explicou que a saúde possui três níveis de atendimento: o primário, secundário e o terciário.


O primário acontece na própria cidade de cada paciente;  secundário no hospital polo da Ibiapaba (São Camilo) e terciário, os casos de alta complexidade, encaminhados á Santa Casa de Sobral . O São Camilo adotou o sistema Humaniza SUS, de classificação de risco na sua emergência. Após avaliação clinica, o paciente recebe uma ficha de atendimento nas cores que representa o seu grau de risco: vermelho, amarelo, verde, ou azul. A cor vermelha representa alto risco; esses pacientes são prontamente atendidos, conforme declarou. 


Declarou que a Prefeitura de Tianguá vem cumprindo com suas obrigações, mantendo em dia os repasses ao hospital e confirmou que existe um débito antigo de cerca de um milhão e meio, deixado pela gestão anterior;  Disse que é sabedor que o Prefeito Jean Azevedo está   disponibilizando médicos e enfermeiros nos PSFs  de Tianguá.


No hospital acontecem  cerca de 240  atendimentos a cada 24 horas ou 7.500/mês.  O diretor afirma que existem 25 médicos fixos na casa, mais os médicos esporádicos que chegam ao município para realização de cirurgias.  Rafael declara que no São Camil

o não houve perda de qualidade no atendimento ao publico e que as queixas devem-se ao aumento da demanda regional.  Disse que o São Camilo possui uma ouvidoria interna eficiente, que coleta todas as reclamações e faz os encaminhamentos. O hospital realiza cerca de vinte modalidades de cirurgias e um total de 350 cirurgias mensais, em média,  mantendo seu parque tecnológico sempre atualizado com tomógrafo, ultrassom,  02  Raio-X, vídeo endoscopia, vídeo laparoscopia, arco cirúrgico, carrinhos de anestesia,  UTI com respirador, entre outros. .. Rafael  Vieira orienta  a população da Ibiapaba que utilize os serviços de atenção básica, ofertados nos postos de saúde dos municípios, e que só se dirija-se ao Hospital polo em casos de urgência.

POR: CARLOS ALBERTO PEREIRA|RADIALISTA|FOTO: JORNAL DA IBIAPABA


Publicidade


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>